Publicidade

Al-Hilal confirma lesão grave de Neymar e que atacante vai passar por nova cirurgia

O camisa 10 sofreu ruptura no ligamento e no menisco do joelho esquerdo; já são mais de 20 lesões na carreira

18/10/2023 às 18h11
Por: Leila
Compartilhe:
Al-Hilal confirma lesão grave de Neymar e que atacante vai passar por nova cirurgia

O Al-Hilal confirmou na tarde desta quarta-feira (18) que Neymar sofreu uma lesão grave no joelho esquerdo. De acordo com o comunicado, o atacante teve ruptura no LCA (ligamento cruzado anterior) e no menisco. Com isso, ele passará por mais uma cirurgia. 
O clube não divulgou detalhes da lesão nem o tempo de recuperação do jogador. Mas a expectativa é que ele fique fora dos gramados por pelo menos seis meses.

Nos minutos finais da partida contra o Uruguai, pelas Eliminatórias Sul-Americanas, Neymar sentiu a lesão e caiu no campo, alegando muitas dores na região. Aos prantos, o jogador deixou o campo de maca e foi substituído por Richarlison.

Essa é a mesma projeção feita pelo doutor Marcos Cortelazo, ortopedista especialista em joelho e traumatologia esportiva. "O tempo médio de recuperação para o retorno à atividade competitiva recomendado gira em torno de seis a oito meses, em média. A gente nunca recomenda menos de seis meses, mas às vezes o paciente precisa levar um pouco mais de tempo, estendendo até oito ou nove meses a sua reabilitação, mas o tempo médio hoje de recuperação para colocar um paciente em nível competitivo, com segurança, é em torno de seis a oito meses", explica o médico.

Após a partida, Neymar teve de deixar o estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. A seleção voltou para o Brasil em um voo fretado, e o atacante passou a manhã de hoje fazendo exames médicos, em São Paulo

A CBF divulgou uma nota em que afirma que "o departamento médico da seleção brasileira, sob a supervisão do dr. Rodrigo Lasmar, e do Al-Hilal, estão em contato permanente e alinhados na recuperação do atleta."

Infelizmente, a carreira de Neymar é marcada por lesões, cirurgias e muito tempo afastado dos gramados. São mais de 20 contusões do atacante.



Fonte: Futebol - R7.com